• Castas predominantes na região

Tintos

Touriga Nacional
É uma casta vigorosa, de origem antiga nas regiões do Douro e do Dão. Os seus cachos e os bagos, embora abundantes, são de pequeno tamanho.

Touriga Franca (Francesa)
Tem uma produção regular ao longo dos anos. Os cachos são médios/grandes e os bagos são redondos, de tamanho médio. Possui uma cor azul violácea.

Tinta Roriz
Nasceu em Espanha, na região de Rioja. No nosso país surge, pela primeira vez, na região do Douro.Tem um ciclo vegetativo curto. Apresenta grande protecção às geadas primaveris e às chuvas outonais. De boa produtividade, desenvolve-se melhor em solos arenosos e argilo-calcários.

Tinta Barroca
Apresenta rendimentos elevados. As videiras possuem uma produção regular ao longo dos anos e são resistentes às doenças e pragas. Produz mostos ricos em açúcar.

Tinta Amarela (Trincadeira)
Possui um cacho muito compacto. O seu bago é médio, arredondado e negro azulado. Embora se dê melhor em solos profundos e bem irrigados, aguenta climas secos e quentes. Muito sensível à podridão.

Tinta Francisca

Brancos

Mourisco

Malvazia Fina
Casta de produtividade média. Embora apresente grande sensibilidade ao oídio e ao desavinho, e alguma sensibilidade à podridão e ao míldio, é pouco sensível à escoriose.

Côdega
Apresenta grande produtividade. De origem alentejana (ou de Pinhel, consoante os autores consultados), prefere solos secos. Muito sensível à podridão.           

Rabigato
Casta com cachos médios e bagos pequenos, de forma achatada. Apresenta uma coloração verde amarelada. Possui vigor mediano